Publicidade

Economia

Greve dos bancários já prejudica a economia de Belo Horizonte

Com a paralisação, diversos setores têm sido penalizados com ausência do serviço
A OAB já conseguiu, em alguns estados, liminares para que pelo menos as questões judiciais sejam cumpridas pelas instituições/Tânia Rêgo/ABr
No varejo, a menor circulação de dinheiro já foi percebida pelos lojistas, da mesma forma que mutuários têm encontrado dificuldades para dar andamento a processos de financiamento de imóveis. De acordo com a diretora jurídica da Associação dos Mutuários da Casa Própria de Minas (AMMinas), Eloísa Nogueira, nos últimos dias aumentou o número de consumidores que passaram a relatar problemas não só para conseguir cumprir, dentro do prazo, as exigências dos bancos para liberação de financiamento, como para ter acesso à operação financeira. O diretor do Sindilojas BH, Salvador Ohana, afirma que a greve afetou, principalmente, as empresas de médio e pequeno portes.
Publicidade

Indicadores

IBOVESPA

+1.67%

59.355 pts

Dow Jones

+0.61%

18.339 pts

Nasdaq

+0.24%

5.318 pts

S&P 500

+0.53%

2.171 pts

Dólar

R$3.22

Euro

R$3.61

Libra

R$4.19

Iene

R$0.03

IPCA IBGE

0.44%

IPCA IPEAD

0.15%

IGP-M

0.15%

Fechamento do dia 28 de setembro de 2016. Cotações de venda das moedas.

Espaço de Entidades e Associações

DCMais

Ciclos propõe convivência literária de escritor e leitor

Promover um círculo de convivência literária mais democrático, no qual...

Curtas DC MAIS

Recursos no exterior e fisco Seminário sobre a troca de informações...

Agenda Cultural

TEATRO Infantil - O espetáculo infantil “Quem Pergunta Quer...

 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.