Publicidade

Agronegócio

22/01/2017

Brasil desenvolve pesquisa para produção e exportação para a Índia

Da Redação
Email
A-   A+
Um cenário bastante promissor está se desenhando para a produção de leguminosas – grão-de-bico, lentilha, ervilha, feijão-vagem e outros feijões - no Brasil, país que, à exceção do feijão-vagem, ainda é dependente de importação desses grãos. Um dos exemplos dessa conjuntura favorável é representada pelo contrato celebrado em setembro de 2016 entre a Embrapa, a UPL do Brasil, Indústria e Comércio e a Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento (Faped), ora em fase de execução.

Coordenada pela Embrapa Hortaliças (Brasília-DF), a prestação de serviços registrados no contrato com a UPL (United Phosphorus Limited), empresa indiana que atua em mais de 80 países nas áreas de agroquímicos e de sementes, prevê avaliações de adaptabilidade de algumas leguminosas (lentilha, grão-de-bico, feijão-guandu e feijão-mungo) em diferentes localidades brasileiras. Dessa forma, seguindo esse princípio e com o plantio de sementes trazidas da Índia, experimentos serão conduzidos nos estados de Goiás, Distrito Federal, Minas Gerais, Mato Grosso, Paraná e Rio Grande do Sul.

“Como temos um grande potencial para produzir esses materiais em grande escala, a ideia é testar as cultivares da UPL em diversas regiões e em diferentes épocas de plantio, com vistas a, num primeiro momento, selecionar cultivares mais adaptadas às nossas condições para iniciar a produção interna e, em sequência, exportar para aquele país, que se defronta com uma demanda crescente por esses grãos”, explica o pesquisador e chefe-adjunto de Transferência do Tecnologia Warley Nascimento. Com informações da Embrapa.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

11/02/2017
Comitê vai incentivar pesquisa em Minas
Objetivo é fomentar o uso da planta para alimentação do rebanho e como fonte de renda no semiárido
11/02/2017
Cafeicultura: negócios em feira de implementos, máquinas e insumos devem crescer 16%
Guaxupé - A crise econômica que atinge o Brasil parece ter passado longe da Feira de Máquinas, Implementos e Insumos Agrícolas (Femagri), promovida de 8 a 10 de...
11/02/2017
IDEIAS | O Brasil não conhece o seu potencial agrícola
O agronegócio tem sido o salvador da pátria e da economia. Não fosse ele, a situação do País seria mais grave. No entanto, apesar desse sucesso, pode-se...
11/02/2017
Cultura reduz custos e garante segurança alimentar
A palma forrageira é vista como uma alternativa viável na composição da alimentação dos rebanhos. Por ser mais resistente aos períodos de estiagem,...
10/02/2017
Safra deve crescer 15,3% em Minas Gerais
Companhia Nacional de Abastecimento projeta 13,62 milhões de toneladas, com destaque para o milho
› últimas notícias
Juros do cheque especial caíram em fevereiro
Seguro viagem reduz despesas médicas e aumenta tranquilidade
Nota do Brasil é mantida em BB pela S&P
Corte no Orçamento deve ficar próximo de R$ 30 bilhões
Direito do consumidor gera quase 30% dos processos judiciais no País
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› DC Auto
Jeep Compass Trailhawk sai na frente com o diesel
Pacote farto de equipamentos se destaca
Novo Honda WR-V chega em março
Activ é a versão aventureira do Chevrolet Onix, carro mais vendido no Brasil em 2016
Evolução é obrigatória para os motores
Leia todas as notícias ›
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


11 de fevereiro de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.