Publicidade

Agronegócio

22/01/2017

Brasil desenvolve pesquisa para produção e exportação para a Índia

Da Redação
Email
A-   A+
Um cenário bastante promissor está se desenhando para a produção de leguminosas – grão-de-bico, lentilha, ervilha, feijão-vagem e outros feijões - no Brasil, país que, à exceção do feijão-vagem, ainda é dependente de importação desses grãos. Um dos exemplos dessa conjuntura favorável é representada pelo contrato celebrado em setembro de 2016 entre a Embrapa, a UPL do Brasil, Indústria e Comércio e a Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento (Faped), ora em fase de execução.

Coordenada pela Embrapa Hortaliças (Brasília-DF), a prestação de serviços registrados no contrato com a UPL (United Phosphorus Limited), empresa indiana que atua em mais de 80 países nas áreas de agroquímicos e de sementes, prevê avaliações de adaptabilidade de algumas leguminosas (lentilha, grão-de-bico, feijão-guandu e feijão-mungo) em diferentes localidades brasileiras. Dessa forma, seguindo esse princípio e com o plantio de sementes trazidas da Índia, experimentos serão conduzidos nos estados de Goiás, Distrito Federal, Minas Gerais, Mato Grosso, Paraná e Rio Grande do Sul.

“Como temos um grande potencial para produzir esses materiais em grande escala, a ideia é testar as cultivares da UPL em diversas regiões e em diferentes épocas de plantio, com vistas a, num primeiro momento, selecionar cultivares mais adaptadas às nossas condições para iniciar a produção interna e, em sequência, exportar para aquele país, que se defronta com uma demanda crescente por esses grãos”, explica o pesquisador e chefe-adjunto de Transferência do Tecnologia Warley Nascimento. Com informações da Embrapa.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

21/01/2017
Rebanho brasileiro cresceu 27% em 2016
Minas Gerais responde por 26% do volume nacional, com 16.932 bovinos registrados no ano passado
21/01/2017
Entidades criticam números da Conab referentes aos estoques do conilon
Brasília - Produtores de café e entidades ligadas ao setor criticaram os números divulgados pelo governo sobre os estoques privados de café conilon, em reunião...
21/01/2017
Governo anuncia leilões do arábica
A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) retoma, nessa semana, os leilões eletrônicos de venda de café arábica dos estoques públicos. Na primeira...
20/01/2017
Estados devem aumentar vigilância para prevenir influenza aviária
São Paulo - O Ministério da Agricultura solicitou aos órgãos estaduais de defesa sanitária animal que aumentem a vigilância em estabelecimentos...
20/01/2017
Cooxupé projeta safra de qualidade para 2017
Chuvas têm favorecido o setor
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.